Lie To Me – Farsa, Realidade, Fantasia ou só Ficção?

Muitas vezes as pessoas me perguntam sobre a eficácia que têm as mensagens não verbais durante uma comunicação.  Perguntas como: ” De que maneira um simples olhar, ou um toque no braço, pode fazer com que minhas chances de criar empatia com aquela pessoa aumente ou não? Afinal, é algo tão sutil.”

De uma maneira geral, o ceticismo sobre a Linguagem Corporal está no fato dela, muitas vezes, agir de forma inconsciente sobre outra pessoa.  Mas não há como negar que até o mais cético e crítico da comunicação não verbal não conseguirá abrir mão de sua expressão corporal e, consequentemente, das mensagens que passa.

Nosso corpo traduz nossos verdadeiros sentimentos, fala sobre a nossa personalidade, mostra como estamos posicionados socialmente. Você consegue imaginar alguém que comemora o sucesso de ter passado em uma prova, falando sobre a conquista numa postura fechada (braços e pernas cruzados, por exemplo)? Já sentiu simpatia – ou antipatia – por alguém, sem saber o motivo? E se, diante de um contexto social, mesmo sem conhecer a maioria das pessoas, você saiba dizer que é a pessoa dominante naquele ambiente?

Para cada impressão sobre alguém, há uma grande influência de sua linguagem corporal, e levar ao consciente a mensagem que, inconscientemente, a linguagem corporal pode passar, é uma grande vantagem em qualquer relação interpessoal.

Preparamos algo que para você que é fanático em Lie To Me vai gostar, mas caso queira ir além disso recomendo que dê uma olhada no treinamento em Análise de Linguagem Corporal

LIE TO ME – Analisando pessoas na prática.

Uma série que fascinou muitas pessoas se chama ”Lie To Me”, ela retrata a vida de especialistas em comunicação não verbal que ganham a vida descobrindo mentiras.

Um Pouco Mais Sobre A Série…

A série traz as investigações de uma equipe formada por especialistas em detectar mentiras com o uso dos conhecimentos da Linguagem Corporal. As micro expressões, posturas e gestos são interpretados por esses profissionais que prestam seus serviços para diversas entidades como o FBI, a polícia, empresas particulares ou mesmo pessoas que estejam dispostas a descobrir a verdade que alguém pode estar escondendo. O grupo é liderado pelo Dr. Cal Lightman, um cientista que dedicou toda a sua vida ao estudo do comportamento humano (personagem inspirado em Paul Ekman). Lightman ainda conta com a ajuda da sua parceira e psicóloga Dra. Gillian Foster, além do pesquisador Eli Locker e de Ria Torres, uma mulher com o talento natural de interpretar as expressões humanas.

Lie To Me – Fantasia ou Realidade?

Outra pergunta que me fazem constantemente é ” Aquela série, Lie To Me, mostra a realidade ou é fantasiosa?” Bem, se tratando dos conhecimentos que passa sobre Linguagem Corporal, a série mostra a realidade. As formas de detectar mentiras são reais. Os sinais de ansiedade e tensão, os gestos incongruentes, são sinais de que pode haver uma mentira. Porém, a série mostra por vezes, com facilidade, Cal Lightman analisando micro expressões – que duram menos de um segundo – o que normalmente não ocorre, mesmo após muito treino, algumas micro expressões podem  ficar longe das vistas de um especialista e para analisar com eficiência é necessário, muitas vezes, analisar por vídeos.

É possível sim, analisar pessoas, suas intenções, suas verdades – ou mentiras, personalidade, através da Linguagem Corporal, e para exemplificar, nós do LC em foco selecionamos uma cena do seriado em que o Dr Cal Lightman analisa pessoas.

Já pensou como saber Linguagem Corporal pode ser incrível? sabendo disso preparamos algo para você.

O primeiro ponto o qual gostaria de destacar é a abordagem do especialista durante o interrogatório. Note que a situação traz consigo alguma tensão e sinais de tensão podem ser entendidos como sinais de mentira. Então, Cal Lightman, durante seu interrogatório, buscou fazer perguntas que nada tinham a ver com o crime em questão, sua intenção era descobrir a baseline do garoto, ou seja, como ele responderia normalmente a uma simples pergunta que não lhe trouxesse nervosismo.

Descobrir a baseline da pessoa que deseja analisar é de grande importância, quanto mais informações sobre a pessoa você tiver, mais fácil se torna analisá-la.

Baseline é um assunto sempre muito pouco discutido entre os especialistas, e é um dos mais discutidos em nosso grupo privado de estudos.

Neste trecho também mostra que o interrogatório está sendo filmado, isto porque há expressões faciais (chamadas de micro expressões) que são quase imperceptíveis pessoalmente, pela sua velocidade.

Analisar em vídeo é um ótimo treino para a percepção das micro expressões e uma maneira mais fácil de detectar todas. 

Seja Vip !

Receba nosso ebook Grátis!

Deixe Seu Melhor Email