O que sempre vemos quando o assunto é emoções são as mesmas coisas de sempre, matérias sobre o querido Paul Ekman ou emoções primárias ou como detectar mentiras usando as micro expressões, mas depois de pesquisar e ler sobre alguns assunto eu parei para pensar como seria viver sem nossas emoções, fui atrás, pesquisei e achei super legal dividir com todos vocês este conhecimento.
Como falar das emoções e não lembrar do Spock de Star Trek ? Impossível.
Em Star Trek os chamados “Vulcano” podem acabar sofrendo grandes emoções muito fortes como raiva e paixões que se tornariam destruidoras, vendo isso Surak desenvolve a filosofia racionalista que se tornou o “Código de Surak” e o que seria isso?
O Chamado “Código de Surak” era o controle das emoções e isso fez com que se resolvesse a onda de violência entre os Vulcanos. É só lembrar de quando Spot lutou com Khan e entender o porque de controlar as emoções rsrsr.
O Que São As Emoções ?
As Emoções são estados mentais básicos, podemos dizer que é uma “resposta padrão” para certas situações, isso acaba dispensando o pensamento mais complexo e ajuda os animais a interagirem com o mundo. Podemos dizer que são um pacote de ações e sensações que o cérebro executa que acabam cortando o caminho entre precisar refletir e pensar em detalhes sobre tudo que está acontecendo.
É só ver que em determinadas situações seu cérebro não precisa ficar pensando; o que é?, do que é capaz?, será que vai te matar? e o que fazer para fugir?

Basta somente o cérebro perceber uma situação que não será boa e que você não quer passar, então seu corpo dispara a emoção de MEDO e produz hormônios como a adrenalina que prepara o corpo para uma situação de luta ou fuga com batimentos cardíacos e respiração acelerados, por outro lado em algumas situações favoráveis você poderia ficar feliz , sentiria uma situação de prazer e tentaria muito provavelmente repetir a experiência outra vezes.
Paul Ekman que acabou sendo retratado na série de TV (exagerada neste ponto) Lie To Me como falamos em outro artigo, identificou 6 emoções universais que foram reconhecidas no meio dos seus estudos e pesquisas pelo mundo que ele teve contato.
Medo ?
Raiva ?
Felicidade ☺
Surpresa ?
Tristeza ?
Nojo ?
Se quiser conhecer mais confira nosso artigo sobre as emoções >>>
SEATTLE, UNITED STATES - MARCH 14: Psychologist Dr Paul Ekman poses for a studio portrait on March 14th, 2008 in Seattle, Washington, United States. (Photo by Steven Dewall/Redferns)

SEATTLE, UNITED STATES – MARCH 14: Psychologist Dr Paul Ekman poses for a studio portrait on March 14th, 2008 in Seattle, Washington, United States. (Photo by Steven Dewall/Redferns)

Embora alguns acabam discordando deste número total quando Ekman mostrou fotos de pessoas com estas emoções e pediu para os nativos descreverem que situação tinha provocado aquela reação, todos sabiam muito bem o que tinha acontecido.
Como somos animais sociais ainda temos as Emoções Secundárias que aparecem com a interação com os nossos pares como: Orgulho, Culpa e Vergonha que também são importantes para julgar como interagimos com os outros.
Precisamos das emoções para nossa teoria da mente, para reconhecer as emoções que despertamos nos outros, como quando alguém está feliz ou sofrendo com algo que fizemos. Não é somente a lógica que nos diz como agir, mas também a emoção que sentimos quando nos colocamos na posição dos outros ou quando reconhecemos isso em seus rostos.
Alguém sem emoções também teria dificuldades em se lembrar do passado. Mais do que detalhes e situações que passamos, nós lembramos como nos sentimos quando algo aconteceu e assim gravamos quais as emoções aquilo despertou e são estas emoções que reinvocamos quando lembramos de uma situação ou precisamos agir novamente.
Além da falta de empatia e falta de memória, alguém sem nenhuma emoção não conseguiria tomar decisões e  poderia ser muito desmotivado.
star-trek-spock1
Como Antonio Damasio disse no livro The Feeling of What Happens: O Que faz alguém se decidir sobre o que quer são as EMOÇÕES, elas que são a força por trás da sensação de um sexto sentido que guia decisões aparentemente sem motivo, sem este impulso interno não diferenciaríamos entre algo bom, ruim ou indiferente. Para conter este impulso interno como Anderson Souza já mostrou, uma pessoa precisaria fazer um esforço mental tão grande que isso poderia complicar sua capacidade lógica ou até mais do que isso, alguém sem emoções sofreria do chamado ANEDONIA, uma total falta de motivação isso porque nada mais desperta prazer, uma falta de conexão com o mundo que não permitiria se relacionar com nada.
Sorte que Spock tinha um lado humano e manteve parte de suas emoções rsrsrs
 
Não esquece de compartilhar, curtir nosso artigo e se inscrever em nossa lista para receber conteúdo exclusivo por email.
Referências:
Livro “The Feeling of What Happens”, por António Damásio
Explicação do Damásio sobre a importância das emoções: http://goo.gl/W819EK
Paul Ekman explicando como emoções e a expressão estão relacionados: http://goo.gl/dpi5Rv
Imagem de Capa >>>>

Seja Vip !

Receba nosso ebook Grátis!

Deixe Seu Melhor Email