Quais As 6 Vantagens De Quem Estuda Linguagem Não Verbal ?

As vantagens de estudar Linguagem Corporal são muitas, mas inicialmente o que fascinou a mim e a maioria das pessoas que estudam hoje sobre Comunicação não verbal foi a série ”Lie To Me”, me senti encantada pelo poder do Dr Cal Lightman ao analisar pessoas e descobrir suas verdades.

Assim que comecei a estudar linguagem não verbal, percebi que mudei bastante (para melhor) e quase sem perceber, tanto em minhas relações interpessoais e na maneira como eu me enxergava, quanto na maneira com que as pessoas ao meu redor me enxergavam. Observei que as mudanças causadas pelo conhecimentos da comunicação não verbal não ocorriam apenas comigo: Quem estudava linguagem não verbal tendia a ficar mais confiante, persuasivo, interessante e atencioso em suas relações interpessoais, ou seja, os estudantes da comunicação não verbal exercitavam melhor suas Habilidades Sociais.

Mas o que são Habilidades Sociais?

Habilidades sociais são um grupo de comportamentos que um indivíduo pode emitir durante uma comunicação interpessoal. Estes comportamentos devem exprimir sentimentos, atitudes, desejos, opiniões e/ou diretos por parte do emissor, de uma forma que não cause (ou cause o mínimo possível) de conflitos.

As Habilidades Sociais são características do comportamento e não das pessoas, ou seja, comunicar-se da melhor forma possível é uma questão de aprendizagem e treino. Elas poderão variar conforme o contexto interpessoal e são avaliadas tanto pela comunicação verbal quanto pela comunicação não verbal.

Quais As 6 Vantagens De Quem Estuda Linguagem Não Verbal?

Como mostrado a cima, as Habilidades Sociais são também analisadas pela comunicação não verbal, mas como, exatamente, a linguagem não verbal irá influenciar em seu relacionamento interpessoal?

Uma das formas de avaliar uma boa comunicação é observar a atenção do interlocutor em relação ao locutor.

  • Você, enquanto discursa, precisa saber se a maneira com que fala está sendo bem aceita ou até compreendida.

Exemplo: Se enquanto você fala, alguém cruza os braços, esta pessoa se encontra em posição fechada para o que diz. O ato de cruzar os braços é uma postura defensiva e indica, na maioria das vezes, que a pessoa se sente de algum modo desconfortável. O problema de cruzar os braços é ainda maior já que enquanto a pessoa cruza os braços, dificilmente se lembrará do que você disse. Quando o corpo se fecha, a mente também se fecha.

  • Durante uma conversa, a linguagem corporal te dá as ferramentas certas para que conquiste a empatia de quem desejar. Uma técnica muito utilizada é o ”espelhamento”. A Técnica do Espelhamento consiste em copiar os gestos de uma pessoa a fim de fazer com que ela sinta empatia por você. Mas cuidado ao aplicar esta técnica:  Algumas pessoas, como por exemplo seus superiores, podem não gostar de serem espelhados.

Exemplo: Durante uma conversa com alguém que está sentado, sente-se de maneira semelhante para mostrar que está de acordo com sua forma de pensar. Outra dica aqui é: seja cuidadoso e discreto ao espelhar, algumas pessoas ao perceberem que estão sendo ”imitadas” podem ficar muito irritadas.

  • Porém se a sua posição é de ouvinte, com a linguagem não verbal você pode analisar melhor o seu emissor para descobrir se ele tem confiança em seu próprio discurso, se seu grupo gestual condiz com a fala (caso contrário pode se tratar de uma mentira) e se deve ou não levar em consideração o que lhe é falado.

Exemplo: Uma pessoa que fala gesticulando muito e rapidamente demonstra nervosismo, tensão, insegurança. Se enquanto alguém faz uma afirmação e no mesmo momento nega com a cabeça, se trata de uma incongruência e pode ser indício de uma mentira; se enquanto alguém fala algo indicando que tem certeza e levanta um ombro, seu corpo entrega que há incerteza.

Estas situações aqui citadas são bastante comuns de encontrar, mas além destas ainda existem várias outras que poderíamos utilizar para ilustrar as vantagens que têm os estudantes de linguagem não verbal em relação as outras pessoas. Por este motivo listarei seis vantagens de quem estuda linguagem não verbal.

1- Somos mais convincentes.

Alguma vez você já sentiu empatia por alguém sem saber explicar o motivo?

Nossas mensagens não verbais muitas vezes atingem as pessoas apenas de forma inconsciente, fazendo com que, em menos de quatro minutos de apresentação elas decidam se gostam ou não de nossa companhia.

O problema dos gestos influenciarem de maneira inconsciente está no fato de que com um ”simples” gesto negativo todas as nossas chances de persuasão sejam reduzidas a nada. A vantagem dos estudantes de linguagem não verbal é que nós sabemos como fazer para evitar – o máximo possível – uma má impressão. Sabemos que, muitas vezes, um gesto vale mais que mil palavras.

Dica: No inicio de uma apresentação o aperto de mão conta muito. Ele pode denunciar se você se sente confiante, se é uma pessoa agressiva, dominante ou submissa. Ao ser apresentado a alguém, se você desejar passar a ideia de que é uma pessoa autoconfiante, confiável e amigável, o cumprimente com um aperto de mão firme e igualitário. (onde a sua mão e a mão da outra pessoa estejam no mesmo nível).

 2- Nos comunicamos melhor.

Você sabia que 55% das mensagens que passamos é de conteúdo não verbal?

Em um estudo feito por Albert Mehrabian foi concluído que, de toda a nossa comunicação, apenas 7% é de conteúdo verbal, enquanto 38% é de conteúdo vocal e 55% por cento, não verbal. Muito além de ilustrar a nossa fala, a linguagem corporal a complementa. É ela que exterioriza nossos verdadeiros sentimentos e dão ao que falamos maior ênfase.

Outra vantagem de quem estuda linguagem não verbal é saber exatamente quais gestos usar e quais evitar para que sua comunicação tenha maior eficácia.

Dica: Gesticular de forma devagar expondo a palma da mão indica que há sinceridade em sua fala. Outro gesto muito utilizado por bons oradores se chama pirâmide do poder (ou cúpula do poder), neste gesto juntam-se todos os dedos enquanto as palmas das mãos estão afastadas.

3- Conquistamos pessoas com facilidade.

Você já desejou conquistar alguém especial e teve dúvidas de como conseguir?

A linguagem não verbal nos ensina várias maneiras de demonstrar interesse e nos fazermos interessantes para alguém. Nos ensina também a perceber se outra pessoa se interessa por nós.

Mesmo se a intenção é um relacionamento amoroso ou conquistar a confiança e amizade de alguém, os estudantes de linguagem não verbal possuem como vantagem várias ferramenta que servem como auxilio na hora da conquista.

Dica: O espelhamento é um técnica bastante utilizada na conquista porém não é a única. Sorrir e olhar nos olhos de alguém até, pelo menos, notar a cor de sua íris são outros gestos que demonstram interesse, são gestos que dizem ”você é importante para mim”.

 4- Conquistamos o sucesso profissional.

Gostaria de saber como se portar para impressionar o chefe e ganhar uma promoção? Como passar naquela entrevista do emprego tão sonhado? Ou se você trabalha por conta própria, gostaria de saber como a linguagem não verbal pode te ajudar no marketing pessoal?

No campo profissional é onde mais enfatizo as vantagens de estudar linguagem não verbal por ser o que considero mais amplo e, de certa forma, o mais importante. Dedicamos grande parte do nosso dia ao trabalho. Estudamos para seguir uma determinada carreira, passamos por seleções para conseguir algum emprego, fazemos boas amizades no ambiente de trabalho e algumas pessoas até se casam com outras que conheceram através do trabalho. A linguagem não verbal pode ser de grande ajuda desde o momento da entrevista de emprego até o momento em que estiver focado na promoção de um cargo. Ela pode ser tão útil para quem trabalha dando aulas, como para quem trabalha com vendas, a lista dos profissionais que podem se beneficiar com o estudo da linguagem corporal é extensa, bem como suas vantagens em cada área.

Dicas:

Na entrevista de emprego: Colocar bolsa ou pasta na frente do corpo cria uma barreira entre você e o entrevistador. Isso mostra que está na defensiva e não está se sentindo confiante.

Na entrevista de emprego (para mulheres): Ao se maquiar para uma entrevista de emprego, use tons neutros. Estudos mostram que mulheres que não usam maquiagem demonstram levar o trabalho mais a sério que homens, porém lhes faltam habilidades pessoais. Mulheres que usam maquiagens neutras são vistas como profissionais ambiciosas e eficientes. O batom vermelho só deve ser usado em entrevista de emprego para um cargo em que a aparência seja um fator determinante, como por exemplo áreas de vestuário, cosméticos, cuidados pessoais, etc.

Para palestrantes e professores: Antes de qualquer coisa, é necessário se atentar ao seu posicionamento e postura. Quando você fica à esquerda do público, ou seja,no lado direito do palco, o que você diz causa um impacto mais forte no hemisfério direito no cérebro das pessoas (o hemisfério das emoções na maioria dos seres humanos). Posicionar-se no lado esquerdo do palco, causa maior impacto no hemisfério esquerdo dos espectadores. Tenha uma postura confiante e escolha o posicionamento certo para atrair a atenção da plateia.

5- Temos maior facilidade para descobrir incongruências entre o conteúdo verbal e não verbal.

Já ouviu aquela história difícil de acreditar e desejou pegar alguém na contradição?

Outra vantagem que temos é a maior facilidade para desvendar incongruências entre a fala e o corpo, maior facilidade em analisar suas expressões corporais. Claro que isto não quer dizer que o especialista em linguagem corporal sempre consiga descobrir uma mentira, nem que existam sinais corporais específicos de mentira. O que existe são sinais que indicam incongruência com a fala, ansiedade e tensão.

Dica: Quando alguém conversa com você e toca o nariz isto pode indicar que há incongruência com o que é dito. Com a tensão, a pessoa libera algumas substâncias que causam uma espécie de irritação no nariz. Porém, cuidado, antes de concluir que há, de fato, uma contradição, você deve analisar o contexto.

6- Interpretamos pessoas com mais facilidade

Esta ideia pode soar fantasiosa, mas não é. Nós que estudamos linguagem não verbal sabemos que o nosso corpo transparece muito além do que queremos. A linguagem corporal reflete honestamente nossos pensamentos, sentimentos e até um pouco de nossa personalidade. *observando  contextos e várias pistas não verbais juntamente com as verbais, nunca um gesto isolado.

Dica: Alguns especialistas afirmam que a parte mais honesta em nosso corpo são nossos pés. Eles apontam para onde está nosso interesse. Se, enquanto conversa com alguém, você nota que os pés da pessoa apontam para a porta, é um sinal de que ela deseja sair, não está se sentindo confortável com a conversa.

Gostou? Deseja utilizar sua linguagem corporal da melhor forma possível? Clique aqui.

Seja Vip !

Receba nosso ebook Grátis!

Deixe Seu Melhor Email